• 08 DE Abril
  • |
  • 08:55

Estudantes de Campos do Jordão são finalistas de Projeto da ONU

Meio Ambiente - 24/09/2019 | 16:56

Foto: Assessoria de Comunicação

Com iniciativa para reduzir o uso de plásticos, projeto da Escola Interação está entre os 10 melhores do Brasil
Na tentativa de reduzir o uso do plástico entre as comunidades, a ONU Meio Ambiente lançou o desafio "Mares Limpos". Uma mobilização global para reduzir o uso de plástico descartável nas escolas e no dia a dia das crianças. O anúncio dos 10 projetos finalistas no Brasil, aconteceu em Agosto. Dentre eles, está a Escola Interação, de Campos do Jordão. O projeto vencedor foi o da construção de uma ecobarreira no Rio Capivari. Chamado “Do Rio para o Mar”, o projeto foi executado pelos alunos do segundo ano do Ensino Médio, idealizado pelo Professor de Biologia, Marcelo Carvalho. O Professor Marcelo já havia visto uma matéria sobre a ecobarreira de resíduos sólidos na internet e, pesquisou para aprofundar-se no assunto e saber como construir uma. Baseado nos vídeos do Educador Diego Saldanha, que foi o 1º a fazer a barreira, decidiu fazer uma para aplicar a ideia com os alunos. Para construir a ecobarreira, foram necessários 25 galões amarrados e envoltos em uma rede. O conjunto foi afixado com cabos de aço, nas extremidades das margens do rio.  Outras duas ecobarreiras já estão em fase de construção e deverão ser colocadas em outros pontos do rio. Ainda há a ideia de fazerem outras barreiras menores para serem colocadas nos rios afluentes que alimentam o Rio Capivari.   As outras nove escolas que estão na final são das cidades de Curitiba (PR), Ribeirão das Neves (MG), Águas Belas (PE), Alvorada (RS), Itajaí (SC) e no Estado de São Paulo ,de Campinas, Cananeia, Itanhaém e Rio Claro.

Escola Sustentável

O projeto “ganhou” a escola. Até a Feira de Ciências deste ano recebeu o nome do projeto, “Do Rio ao Mar”, envolvendo todos os alunos no desafio de reduzir o uso de plásticos descartáveis. Segundo o Professor Fagner de Almeida Gomes, coordenador dos projetos de Nível Médio, desde o maternal, até o ensino médio, foi feita uma campanha de arrecadação de materiais, como tampinhas, lacres de latinhas, latinhas de alumínio, garrafas pet e óleo usados para que, fossem feitas as corretas destinações dos itens. Hoje, a escola não usa mais copos descartáveis e, cada aluno tem que levar seu copo ou sua garrafa para usar.  O projeto não tem data pra terminar. A ideia é mostrar para as pessoas a quantidade de lixo plástico no rio, conscientizando sobre a importância de preservação e descarte correto do lixo.  A ação tem apoio da Prefeitura Municipal e do Comitê de Bacias da Serra da Mantiqueira. O Secretário Municipal de Meio Ambiente Cláudio Sirin, afirma que as barreiras deverão ser retiradas no período de chuvas, porque correm o risco de serem levadas. Mas até lá, os jordanenses terão em vários pontos, a oportunidade de ver a quantidade de lixo que vai para o Rio e contamina os cursos d'água.