• 12 DE Agosto
  • |
  • 05:42

Covid-19: Campos do Jordão tem mais uma morte e registra mais 11 novos casos

Saúde - 24/07/2020 | 20:34

Foto:

Com os números de hoje, Campos do Jordão fecha a semana com 356 casos positivos e 7 óbitos. Três, em 72h.

A Covid-19 faz mais uma vítima na cidade: uma idosa, interna do Asilo mantido pela Fundação Santa Cruz, faleceu na manhã desta sexta-feira (24) em Campos do Jordão. Ela estava internada no Complexo Municipal de Saúde, com suspeita de Covid-19. Embora tenha testado negativo para a doença há uma semana, a senhora de 63 anos apresentou sintomas condizentes com a doença e foi hospitalizada. O resultado do exame confirmando a doença, chegou no final da tarde, após o óbito.

A Prefeitura manifesta o seu pesar e solidariedade aos familiares, aos demais internos e diretores da Fundação Santa Cruz.

O número de casos naquela instituição continua a aumentar. Hoje foi registrado mais um caso positivo. Cinco idosos da instituição estão internados.

Ao todo são 21 contaminados no Asilo da Fundação Santa Cruz: 16 idosos, 2 freiras e 3 funcionários. Há ainda 10 idosos com sintomas, aguardando resultado do exame coletado e enviado ao Instituto Adolfo Lutz. 8 estão na instituição, em isolamento e dois internados no Complexo.

O Boletim hoje revela também o crescimento do número de idosos com a doença. Dentre os 11 novos casos, 5 são idosos, com idades entre 65 e 89 anos. O mais velho foi internado no Complexo de Saúde e transferido para UTI. Os demais têm entre 18 e 59 anos. Ao todo são 8 mulheres e 3 homens.

O número de pacientes hospitalizados também aumentou. São 15 pacientes da cidade hospitalizados, sendo 8 no Complexo Municipal de Saúde, 6 em UTIs no Vale do Paraíba e 1 no São Camilo.

São mais 3 pacientes curados, totalizando 216 e também mais três testes negativos. Agora são 1.664 que tiveram a doença descartada.

A Covid em Campos do Jordão

Campos do Jordão, com 51 mil habitantes, tem um índice de 448,9 por 100 mil confirmações. O índice é maior, por exemplo, que Taubaté, com 232 mil habitantes, onde o número é de 407,08, por 100mil.

Dentre as 11 cidades com o maior número de casos na região, Campos do Jordão tem a menor taxa de letalidade (0,28%) e o menor número de mortes por 100 mil habitantes (1,9).

Também é a cidade que mais testa. Hoje são quase 2 mil exames feitos. Significa dizer que quase 4% da população já foi testada. O número de testes será ampliado nas próximas semanas, com a definição de novas parcerias. A perspectiva é que pelo menos 10% da população seja testada.

O que os números revelam é que até aqui, a cidade garantiu o acesso ao tratamento e o bom trabalho desenvolvido pelas equipes de saúde e vigilância epidemiológica, na localização, tratamento e bloqueio dos contaminados.

Porém é inegável que com mais flexibilização, há maior contágio e a curva de casos curados não acompanha a curva de contaminação, conforme pode ser observado no gráfico abaixo.

Outro fator é a faixa etária. A maioria dos casos de contaminação está entre a população economicamente ativa.

O número de contaminados depois da abertura do comércio não essencial e hotelaria é expressivo:

Para o prefeito Fred Guidoni, este é o momento de união, para frear a pandemia e ao mesmo tempo criar maiores oportunidades de tratamento.

“A UTI vem ampliar este bom trabalho que está sendo feito, garantindo o acesso ao sistema de saúde e ampliando o número de vagas para as cidades da Serra. Mas não podemos nos descuidar. O uso de  máscara e o distanciamento social são fundamentais”, afirma o prefeito Fred Guidoni.