• 13 de Maio
  • 15:01

Prefeito entrega mais 141 cartas de regularização imobiliária em Campos do Jordão

Administração - 29/12/2020 | 14:38

Foto:

O prefeito Fred Guidoni, assinou na manhã desta terça-feira (29) mais 141 cartas de regularização imobiliária. A ação faz parte do Programa de Regularização Fundiária criado em 2013.

Diante da necessidade de manutenção do distanciamento social, em função da pandemia, foram escolhidos três representantes dos loteamentos Bela Vista e Santa Cruz Popular, conhecido como Vila Rica, para receber os documentos e assim representar todos os contemplados. Os demais já estão sendo comunicados e deverão comparecer na sede da EMUHAB – Empresa Municipal de Habitação, para formalização e entrega de toda a documentação e retirada da carta que garante a escritura definitiva dos imóveis.

Com mais esta ação, a Prefeitura está regularizando 16 imóveis no Bela Vista e 125 no Santa Cruz Popular. Um convênio com o cartório irá permitir redução nos custos, uma vez que se trata de regularização de interesse social.

Há quase 40 anos, que os moradores da Vila Santa Cruz Popular aguardam a regularização e, os moradores do Bela Vista, esperam há mais de 20 anos. Com mais esta entrega, o prefeito Fred Guidoni terá regularizado 521 imóveis na cidade. Anteriormente já receberam a documentação necessária, 130 famílias no bairro Jair Rocha Pinheiro, 156 famílias na Vila Elisa e 100 famílias do CDHU da Vila Albertina.

E não para por aí. Já foram feitos todos os trâmites de regularização e já se encontram em fase de liberação no cartório de registro a Regularização Fundiária do Bairro Monte Carlo (300 lotes), Jardim Anápolis (32 lotes) e Vila Imbiri (12 lotes). Hoje, o prefeito também encaminhou para o cartório a regularização da Biquinha. 2020 foi um ano mais complicado para este trabalho, com menos gente trabalhando tanto na Prefeitura quanto no Estado. Com isso, os processos de regularização ficaram mais lentos. Mas estão sendo feitos os bairros Vila Lolly I e II e Vila Paulista Popular e também as 600 casas da Vila Albertina.

Rogério Gonçalves, 51 anos, perito criminal, morador do bairro Bela Vista, disse que espera por este benefício, há 25 anos.

“Só tenho a agradecer a atitude da Prefeitura e da Emuhab. Aguardo isso há 25 anos e agora, finalmente, terei a liberação da uma escritura e a posse definitiva do imóvel”, disse.

Silvania Simone Paiva, 51 anos,  funcionária pública, participou da assinatura representando a sua mãe idosa, moradora da Vila Rica devido à pandemia. “Meu pai foi o terceiro morador a construir no Bairro. Estou muito feliz, pois meu pai e minha mãe estão realizando o sonho deles e, espero que daqui pra frente, todos possam realizar esse sonho.”

“Esta é uma meta que perseguimos desde o início da gestão. Um processo longo, demorado, que precisa da aprovação de diversos órgãos, sobretudo nas esferas ambientais e que ficou ainda mais difícil neste ano de pandemia. Porém, quando há trabalho, quando há compromisso e não perdemos de vista o objetivo maior, o resultado aparece. Pra mim é uma alegria propiciar para as famílias a regularização dos seus imóveis”, afirmou o prefeito Fred Guidoni. 

A legalização dos imóveis permite que o proprietário, com a escritura em mãos, acesse empréstimos para reformas e facilita a compra e venda dos imóveis que podem ser comercializados, inclusive, aproveitando as vantagens dos financiamentos imobiliários existentes no Mercado.