• 28 de Fevereiro
  • 00:20

Prefeito visita áreas que sofreram com as chuvas e determina obras emergenciais

Administração - 14/01/2021 | 19:32

Foto:

O prefeito Marcelo Padovan visitou hoje, algumas áreas onde houve problemas com as chuvas da noite do dia 13 e madrugada do dia 14. A rua Tico-Tico, na Vila Santo Antônio, onde houve deslizamento, continuará com meia pista.

O prefeito determinou à Secretaria de Obras a elaboração de um projeto emergencial, com a construção de contenção, para resolver o estrago provocado pela chuva. Na Rua Tadeu Rangel Pestana, na Vila Ferraz, as equipes de Serviços Urbanos fizeram um desvio provisório de água, onde houve rompimento de galeria, para minimizar o problema. Também será feito no local uma obra emergencial.
O acumulado na cidade, em 72h, é de mais de 90 mm, o que caracteria situação de emergência.
As equipes da Defesa Civil e das Secretarias Municipais estão à postos, para minimizar os problemas.

Confira as principais ocorrências atendidas:

Vila Santo Antônio

No final da tarde do dia 13 de Janeiro, em vistoria pelo Bairro, a Defesa Civil interditou as ruas Tico-Tico e Curió. Na primeira, houve um pequeno deslizamento e na segunda, a Defesa detectou um muro que poderia cair. Cinco horas após a interdição, o muro caiu totalmente impedindo passagem pela rua e levando postes e fiação. O bairro ficou sem luz e a Elektro foi acionada e restabeleceu a iluminação. Não houve vítimas, nem desabrigados.

Vila Sodipe

12 pessoas foram retiradas de uma residência que foi interditada pela Defesa Civil. Eles estão em casa de parentes

Vila Ferraz

Na Vila Ferraz houve colapso na tubulação de um córrego, com retorno de água. 10 casas foram invadidas. Não houve vítimas.

Outros pontos de deslizamento

Também houve pontos de deslizamento na Rua Genko Sakane, no Brancas Nuvens, na Vila Paulista Popular e no Bairro Campista. Nenhum destes deslizamentos atingiu residências.

Queda de árvores

A Defesa Civil também atendeu duas quedas de árvores: uma na Vila Albertina e outra no Acampamento dos Pumas.

As equipes da Prefeitura estão mobilizadas e acompanhando todos os casos. Técnicos da Secretaria de Obras também irão percorrer os locais, para fazer análises de segurança e programar obras onde for necessário, como é o caso da Vila Ferraz. A Secretaria de Serviços Urbanos está provendo a limpeza das ruas.

A Defesa Civil alerta para que em caso de inclinação de árvores e postes, rachaduras, estalos e água barrenta, para que os moradores saiam das casas e acionem a Defesa Civil, pelo 199, Guarda Civil, pelo 153 ou Bombeiros, 193.

A previsão é de mais chuva, na tarde desta quinta-feira. O acumulado de chuva já está em 98 milímetros nas últimas 72h, caracterizando situação de emergência.