• 19 DE Abril
  • |
  • 17:49

Prefeitura fará um “Poupa Tempo municipal” na antiga sede do Banco do Brasil

Administração - 25/12/2018 | 15:50

Assessoria de Comunicação/ Prefeitura de Campos do Jordão

Foto: Assessoria de Comunicação/ Prefeitura de Campos do Jordão

A Prefeitura de Campos do Jordão vai adquirir o prédio onde funcionava o Banco do Brasil. A compra foi autorizada pelo Legislativo na última sessão. O projeto segue agora para sanção do prefeito e somente depois é que a compra pode ser formalizada o que pode acontecer ainda neste mês.
No local, a Prefeitura vai instalar um “Poupa Tempo Municipal” reunindo, num mesmo lugar, todos os serviços de Finanças, Dívida Ativa e Administração reservados ao público. O local também abrigará a sede do Serviço de Informação ao Consumidor SIC, cumprindo a legislação federal de Acesso à informação e reunirá as ouvidorias para atender a nova legislação Lei de Proteção e Defesa dos Usuários do Serviço Público que complementa a Lei de Acesso à Informação. 
A aquisição do prédio aumenta o patrimônio do município, o que resulta numa melhor avaliação tributária, dando melhor capacidade de investimento à Prefeitura, além de refletir a saúde financeira da administração municipal. Desde 2013, a atual administração, colocou a casa em ordem, retirou a Prefeitura do vermelho e hoje paga em dia os seus compromissos. Mais de R$ 50 milhões de dívidas herdadas das administrações anteriores já foram pagas, neste período. A administração municipal vem primando pelo controle de gastos e já comprou, três imóveis: um para montar uma Casa Abrigo que é referência no atendimento de crianças e adolescentes que foram afastados de suas famílias por maus tratos, pelo Judiciário; a sede do Cirepe – Centro Integrado de Recursos Pedagógicos para crianças com dificuldades de aprendizado e déficit de interação social, dentre eles autistas e um terreno na Vila Albertina que vai abrigar uma creche que está em construção. Ao todo, a atual administração já investiu cerca de R$ 5,5 milhão na aquisição de imóveis.

O prédio
Localizado na Avenida Januário Miraglia, 1128, ao lado do Fórum no centro comercial, o terreno tem 360 m² e 233m² de área construída, com dois pavimentos. A aquisição deve ser feita por R$ 1,7 milhão. O prédio está avaliado pelo mercado entre R$ 1,8 e R$ 2,4 milhões. 
Não serão necessárias grandes reformas, apenas adequações de funcionamento para melhor atender a população.