• 23 DE Julho
  • |
  • 11:03

Meninas Cantoras de Campos do Jordão se apresentam com o Maestro João Carlos Martins

Cultura - 13/03/2019 | 22:13

Foto: Assessoria de Comunicação/ Prefeitura de Campos do Jordão

O coral das Meninas Cantoras de Campos do Jordão se apresentou, no último dia 08 de março, com o Maestro João Carlos Martins. O evento, que aconteceu no Teatro do Sedes, em Taubaté, contou com um público de aproximadamente 1.500 pessoas. Também participaram do evento a Orquestra Sinfônica Jovem de Taubaté (Osita), Banda Musical Senai Taubaté, Banda de Concerto EMA Fêgo Camargo, Ópera Studio do Vale, Camerata Orfeo, Coral da ACVAP e Coro Contraponto. O grupo gerido pela AMECampos – Associação dos Amigos de Campos do Jordão  tem o apoio da Prefeitura Municipal de Campos do Jordão e da SEA Frei Orestes. No evento do dia 8, o Coral das Meninas Cantoras de Campos do Jordão apresentou 3 canções: o Medley com Ó abre allas (Chiquinha Gonzaga) e Banho de lua (Cely Campello), Barcarolle – Duetto da Ópera “Os contos de Hoffmann”(J. Offenbach) adaptado para a versão em português de Eustorgio Wanderley e para finalizar o concerto apresentaram com outros corais a música “Jesus Alegria dos Homens” sob a regência do Maestro João Carlos Martins. “Esta foi a minha primeira apresentação somente como maestro, e é também a primeira vez que eu entrei no palco sem ver o meu velho companheiro (o piano) ao meu lado”, declarou João Carlos Martins segurando as lágrimas. 

Coral Juvenil Meninas Cantoras de Campos do Jordão

O Coral das Meninas Cantoras de Campos do Jordão tem a direção artística da Mezzo Soprano Mere Oliveira, que ministra aulas semanais de técnica vocal, fonética e repertório e do professor Fábio Fagundes, que dá aulas de técnica musical e solfejo. Ao todo, são 29 meninas, estudantes de escolas públicas e privadas de Campos do Jordão, com idades entre 10 e 17 anos. O grupo já gravou um CD, que possui um repertório amplo que vai desde o Hino Nacional Brasileiro a cânones tradicionais, passando por canções do folclore africano e obras de repertorio clássico, como Chiquinha Gonzaga. O repertório deste disco é cantado em vários idiomas: Língua Portuguesa, latim, espanhol, inglês e dialetos africanos. Além disso, também gravou um vídeo clipe – intitulado “Bem-te-vi” – gravado juntamente com o pianista Fábio Caramuru na Estrada de Ferro de Campos do Jordão e no Hotel Toriba.

Orquestrando o Brasil

Tendo como símbolo o maestro e pianista João Carlos Martins, o projeto Orquestrando o Brasil é uma parceria da FUNDEC e da Fundação Banco do Brasil. A iniciativa é uma expansão do Orquestrando São Paulo, projeto que tem a parceria do SESI-SP e FIESP, que conta hoje com mais de70 orquestras integrantes e já capacitou mais de 200 regentes. “O sonho de Villa-Lobos era fechar o Brasil em forma de coração através da música, mas naquela época ele não dispunha da TV e da Internet. Agora, estamos unindo forças para realizar este sonho, que passou a ser meu também”, afirmou João Carlos Martins. “Queremos formar um exército de maestros, mostrar a sua importância fazendo uma grande transformação social através da música”, concluiu. O grupo é gerido pela AMECampos - Associação dos Amigos de Campos do Jordão, sob o patrocínio do Toriba Hotel, Spa & Gastronomia, apadrinhamento do Boulevard Geneve, Escola Dora Lygia Richieri, Choperia Baden Baden, Tarundu, Mercado São Bento, Hotel Vila Inglesa e Mercearia Campos além de o apoio da SEA - Frei Orestes.